Eduardo Souto Moura Ganha Prémio Veronica Rudge Green 2013 com Metro do Porto

6 Setembro, 2013

Eduardo Souto Moura Ganha Prémio Veronica Rudge Green 2013 com Metro do Porto

A Escola Superior de Design da Universidade de Harvard atribuiu nesta terça-feira o Prémio Veronica Rudge Green 2013, que distingue projetos de elevado valor urbanístico, ao empreendimento do Metro do Porto e ao projeto de Integração Urbana do Nordeste, em Medellín, na Colômbia. O projeto arquitetónico e de design urbano do metro do Porto foi coordenado pelo português Eduardo Souto Moura, prémio Pritzker de 2011, também distinguido pelo galardão.

Ambos os projetos vencedores foram considerados como estruturantes na transformação das cidades do Porto e Medellín, incorporando um planeamento rigoroso e uma execução cuidada das infraestruturas de mobilidade. Foi também realçada pela Universidade de Harvard a capacidade destes projetos de regenerarem a zona onde se inserem com um design bem articulado no contexto da urbanização contemporânea.

O projeto do Metro do Porto compreende uma infraestrutura de grande dimensão e complexidade, sendo constituído por cerca de setenta quilómetros de linhas ferroviárias subterrâneas e de superfície e sessenta estações. O planeamento, dimensionamento e construção prolongaram-se por dez anos num projeto considerado estratégico e decisivo para assegurar a coesão funcional da cidade do Porto.

Imagem: Harvard University Graduate School of Design; Wikimedia
Fonte: Harvard University Graduate School of Design






Prémio Wheelwright 2014 para o Arquiteto Catalão José Ahedo
Phyllis Lambert Receberá Leão de Ouro na Bienal de Veneza
Arquitetura Rebelde: Al Jazeera Lança Série Sobre Ativismo na Arquitetura
Zaha Hadid Processa New York Review of Books por Declarações Difamatórias
Arquiteto Gonçalo Byrne Vence Piranesi com Reabilitação do Museu Machado de Castro
Manutenção de edifícios em Portugal em destaque na Casa das Artes

         
         

Comentar

* Obrigatório    

Advertisment ad adsense adlogger