Projeto residencial em Guimarães nomeado para prémio de melhor edifício do ano 2016

4 Fevereiro, 2016

Projeto residencial em Guimarães nomeado para prémio de melhor edifício do ano de 2016

O projeto arquitetónico da arquiteta Elisabete Saldanha e da Mota-Engil – “Guimarães House” – integra os cinco finalistas para o prémio de melhor edifício do ano de 2016 na categoria de “reabilitação” atribuído pelo site ArchDaily. Dimensionado pela arquiteta Elisabete Saldanha, este projeto da Mota-Engil destaca-se pela reabilitação de uma casa onde a natureza é privilegiada em todos os pormenores.

Partindo da recuperação de uma edificação situada na região de Guimarães e para a sua própria habitação, a arquiteta manteve as características do espaço, adaptando-lhe detalhes originais e diferenciadores.
Com uma área total de 28 695.00 m2, a casa está organizada em quatro andares, com um piso térreo que se apresenta como uma extensão interior do primeiro andar através de uma escada em espiral com uma forte natureza decorativa. Destaca-se também a torre do edifício, com uma vista privilegiada sobre a paisagem na envolvente da casa.

Todos os elementos históricos do edifício foram preservados e restaurados pela arquiteta Elisabete Saldanha, que introduziu traços minimalistas e modernos com o objetivo de criar uma identidade em que a dualidade entre o passado e o presente coexiste no mesmo espaço.

Anualmente, o ArchDaily distingue e reconhece projetos arquitetónicos desenvolvidos mundialmente em diferentes categorias. Os finalistas para o prémio de melhor edifício do ano de 2016 na categoria de reabilitação vão estar em votação até ao próximo dia 8 de fevereiro.

Fonte e Imagem (adaptada): Mota Engil via Cunha Vaz Consultores





Passadiço Panorâmico da Sturgess Sobre Glaciar do Parque Nacional de Jasper no Canadá
A Estrutura Reticulada Orgânica de Kengo Kuma em Yunnan
Faculdade de Economia da Universidade Diego Portales do Atelier Duque Mota
Primeiro Edifício do Mundo com Fachadas Executadas em Cannabis
Bessa Residence de Eduardo Souto Moura já em comercialização no Porto
Projeto de requalificação do Jardim das Ondas de João Gomes da Silva e Fernanda Fragateiro

         
         

Comentar

* Obrigatório    

Advertisment ad adsense adlogger