Pedro Resende Leão Vence Prémio Vasco Vilalva com Museu de Arte Sacra de Santarém

7 Abril, 2015

Pedro Resende Leão Vence Prémio Vasco Vilalva com Museu de Arte Sacra de Santarém

O projeto de reabilitação arquitetónica do Museu de Arte Sacra de Santarém, da autoria do arquiteto português Pedro Resende Leão foi o grande vencedor do Prémio Vasco Vilalva 2015. Atribuído anualmente pela Fundação Calouste Gulbenkian, o prémio visa distinguir projetos de excelência na área da reabilitação, valorização e conservação de património histórico e cultural em Portugal.

O projeto elaborado por Pedro Resende Leão foi considerado pelo júri, composto por Dalila Rodrigues, António Lamas, José Pedro Martins Barata, José Sarmento de Matos e Rui Esgaio, como de grande importância e abrangência. O júri destacou ainda os critérios e metodologias das intervenções efetuadas, que proporcionaram o “resgate da perda iminente de um conjunto de peças de arte sacra”.

A obra de reabilitação, que permitiu a salvaguarda de três centenas de peças de enorme importância histórica, implicou um investimento de 1.7 milhões de euros.
O novo museu, que faz parte da iniciativa “Rota das Catedrais” possui várias salas e espaços de visitação, que incluem a Sé e o corredor nobre do Paço Episcopal. Possui também um espaço para exposições temporárias, no lugar de um antigo refeitório jesuíta.

O júri concedeu ainda uma menção honrosa a José Neves pela recuperação do Cinema Ideal, em Lisboa.

Fonte e Imagem (adaptada): via Fundação Calouste Gulbenkian






Trienal de Arquitetura de Lisboa 2013
Campus da Universidade de Viena é um dos Mais Modernos e Sustentáveis da Europa
São 23 os Candidatos à Medalha Manser de Arquitetura Residencial 2014
Prémios Carbúnculo 2014: Os Piores Edifícios do Ano no Reino Unido
Vídeo Revela Gigantesco Estaleiro de Construção do Novo Campus da Apple
CIN apresenta Cor do Ano 2016

         
         

Comentar

* Obrigatório    

Advertisment ad adsense adlogger