Arquiteto Gonçalo Byrne Vence Piranesi com Reabilitação do Museu Machado de Castro

5 Setembro, 2014

Arquiteto Gonçalo Byrne Vence Piranesi com Reabilitação do Museu Nacional Machado de Castro

A Academia Adrianea de Arquitetura e Arqueologia anunciou a atribuição do Piranesi Prix de Rome ao projeto de reabilitação do Museu Nacional Machado de Castro em Coimbra, da autoria do arquiteto Gonçalo Byrne, ex aequo com o projeto de renovação da Basílica de Aquileia, em Brescia, Itália, de Giovanni Tortelli e Roberto Frassoni.

O prémio, organizado em associação com o Politécnico de Milão e com o Instituto Panteão de Roma, pretende distinguir projetos de reconhecida qualidade na área de intervenção arquitetónica no património arqueológico e cultural.

O Museu Nacional Machado de Castro, que esteve interdito ao público durante cerca de seis anos, reabriu no final de 2012, depois de sujeito a profundas obras de reabilitação. O projeto de Gonçalo Byrne foi amplamente elogiado pelo enriquecimento da segmentação dos diferentes momentos arquitetónicos do monumento.

Um terceiro galardão, o Prémio Carreira, foi ainda atribuído ao arquiteto José Ignacio Linazasoro.

Fonte, Imagem (adaptada): via Academia Adrianea de Arquitetura e Arqueologia







Comentar


* Obrigatório