Estrutura do Edifício da Escola de Arte de Glasgow é 90% Recuperável

25 Maio, 2014

Estrutura do Edifício da Escola de Arte de Glasgow é 90% Recuperável

O incêndio que deflagrou na passada sexta-feira na Escola de Arte de Glasgow foi finalmente controlado durante este fim-de-semana. Embora uma parte significativa do icónico edifício tenha sido destruído, incluindo a sua importante biblioteca de arte e arquitetura, os serviços de inspeção revelaram que 90% da estrutura é ainda viável.

A Escola de Arte de Glasgow (GSA) é a mais importante instituição universitária privada da Escócia, nas áreas da arquitetura, design e belas artes. O edifício onde até agora funcionava, tinha sido projetado pelo arquiteto escocês Charles Rennie Mackintosh, um dos mais destacados representantes da Arte Nova do Reino Unido.

Considerado uma obra de arte, o edifício foi construído, em duas fases, entre 1897 e 1909.

Embora uma parte significativa da estrutura do edifício possa ser recuperada e cerca de 70% dos trabalhos existentes no seu interior não tenham sido destruídos, uma futura reabilitação poderá ser um processo complexo e demorado, dada a natureza histórica do edifícios e o tipo de danos tipicamente causados pelo fogo.

Fonte: GSA | Imagem: via GSA; Telegraph (adaptada)






A Crise na Arquitetura em Portugal
Campus da Universidade de Viena é um dos Mais Modernos e Sustentáveis da Europa
Prémios Carbúnculo 2014: Os Piores Edifícios do Ano no Reino Unido
FAUL Organiza Seminário Internacional de Arquitetura "A Cidade não Adormece"
Manutenção de edifícios em Portugal em destaque na Casa das Artes
CIN apresenta Cor do Ano 2016

         
         

Comentar

* Obrigatório    

Advertisment ad adsense adlogger